O misterioso cheque administrativo.

O cheque administrativo é emitido e assegurado pelo próprio banco. Não existe a possibilidade de um cheque administrativo não ter fundos. Afinal, é para dar esta segurança que existe tal cheque.

Como funciona? Uma pessoa quer comprar um Centro de Treinamento no valor de R$1,7 milhão, o vendedor do CT, com medo de um “calote”, pede uma prova de que o comprador tem mesmo o dinheiro para pagar. O comprador então vai a um banco, deposita o valor e leva um cheque administrativo (melhor do que carregar esse dinheiro todo em uma maleta).

O cheque administrativo é quase “dinheiro vivo”. A partir do momento que ele foi emitido a responsabilidade pelo seu pagamento é do banco e não mais do comprador.

Não estou “por dentro” da situação, sei tanto quanto os leitores que acompanham o noticiário esportivo. Mas, uma coisa eu posso afirmar, cheque administrativo sem fundos não existe. Se o vendedor ainda não depositou o cheque deve ter seus motivos, não cabe a mim adivinhar.

Agora, se o banco não honrou com a sua obrigação, seja por causa da crise econômica ou não, cabe uma ação de indenização contra este por parte do comprador do CT.

About these ads

3 Respostas

  1. Há algo muito estranho nessa estória toda!!! Tem alguma coisa que não tá batendo ou tá mal contada.

  2. Eu gostaria de ter a base legal do cheque administrativo.
    Um banco pode se recusar a receber esse cheque como dinheiro vivo, sugerindo que o mesmo possa não ter fundos ou sob a alegação de falsidade na assinatura?

  3. Não há nada de estranho !
    O cheque administrativo tomou a vez do cheque visado, que, por sua vez, é emitido junto ao banco, que dá a garantia de seu pagamento. Para visar o chegue, e, portanto, garanti-lo, o banco fazia a devida reserva do valor estipulado com o dinheiro disponivel na conta do emitente.
    Depois, surgiu o cheque administrativo, que tem a mesma função: assegurar o pagamento, reservando a quantia do valor na conta do emitente. É usado, para se ter a certeza sobre a existência de fundos numa negociação que está sendo feita.

    - A base legal do cheque administrativo é o artigo 9º, inciso II, da Lei nº 7.357/85.

Os comentários estão desativados.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: