Mais violência no futebol brasileiro. Até quando?

A tarde de domingo, que deveria ter sido marcada pela festa das torcidas nos clássicos regionais, acabou manchada de sangue.

No clássico entre São Paulo e Corinthians a confusão era anunciada. A briga dos dirigentes por conta da quantidade de ingressos inflamou os torcedores, que, mais uma vez, se enfrentaram dentro e fora do estádio.

Em Minas Gerais, antes do jogo entre Atlético-MG e Cruzeiro, um torcedor foi assassinado a tiros.

Muita confusão, brigas, mortes, depredação e medo, muito medo.

Infelizmente, essa parece ser a realidade brasileira. Nada do que foi feito até agora parece mudar a realidade. Não há medidas preventivas, não há punições exemplares, não há controle das torcidas organizadas, não há estrutura nos estádios e não há preparo da força policial. O resultado é esse que estamos vendo.

A violência é o principal responsável pelo afastamento dos torcedores dos estádios. Com um começo de ano como esse, a previsão é de que no Campeonato Brasileiro tenhamos uma média de público menor que as anteriores.

Aproveito a chance para cutucar nossos legisladores e julgadores. O Brasil precisa de uma lei específica para combater a violência nos recintos desportivos, prevendo punições severas aos vândalos.

A solução que defendo é o banimento dos estádios por um longo prazo. Em Pernambuco o Juizado Especial do Torcedor puniu várias pessoas com uma proibição de frequentar estádios por 90 dias. Mas, sinceramente, noventa dias é muito pouco.

Aconselho a leitura do Blog do Juca Kfouri.

Participe do Curso de Direito Desportivo. Para fazer a pré-inscrição acesse o site da ESA. O programa está aqui.

Anúncios

Uma resposta

  1. até quando?

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: