Superliga Europeia.

O G-14, grupo dos maiores clubes do mundo, junto com a UEFA, estudam a criação de uma Superliga Europeia no lugar da atual Liga dos Campeões. Se aprovada, a mudança aconteceria na temporada 2012-20013, após o fim do contrato de transmissão da atual Liga dos Campeões.

A proposta é criar uma liga, com três divisões, vinte clubes em cada, trinta e oito partidas (igual ao Campeonato Brasileiro). Os jogos aconteceriam durante toda a temporada, no meio da semana.

Com o aumento de partidas atrativas entre grandes clubes da europa, os dirigentes esperam um aumento de público em dez vezes. O objetivo é fazer valer os altos investimentos.

A consequência será a diminuição dos campeonatos nacionais, que não poderão ter mais de 16 clubes. Isso prejudicaria os clubes menores, que veriam o público diminuir consideravelmente com a falta de partidas. O problema é que isso aumentaria a distância entre os grandes e pequenos clubes, que tenderia a ficar ainda maior.

A decisão não será fácil, pois de um lado temos grandes clubes buscando maiores receitas, do outro os pequenos clubes com medo da falência. A ideia pode ser boa, mas não será fácil para a UEFA decidir.

Segundo o site Futebol Finance, a notícia de que estariam estudando tal medida foi desmentida pela UEFA. Mas, antes disso abalou o mercado. A verdade é que tal proposta não é novidade, e pode mesmo ser posta em prática no futuro.  É bom ficar de olho.

Anúncios

Uma resposta

  1. Fernando, lancei um tópico sobre esse assunto num fórum do Sport (do qual não participo mais, agora estou no http://www.sportclub.com.br).:

    http://www.meusport.com/forum/showthread.php?t=46291

    Qualquer comentário, me manda um e-mail.
    Abraço.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: