Ex-Finasa deve permanecer em Osasco com a ajuda de empresários locais.

Depois da Finasa ter anunciado o fim do time profissional de vôlei, a prefeitura de Osasco começou a se mexer para tentar manter o time na cidade. Com uma boa articulação do prefeito, empresários locais garantiram o investimento para segurar o time na cidade.

O mundo gira e com a saída da Finasa outros investidores começaram a se interessar pela equipe, que é a atual vice-campeã da Superliga. A prefeitura de Barueri, o Botafogo e a Federação das Industrias de São Paulo (Fiesp) já haviam demonstrado interesse em assumir o time.

O vôlei é um esporte que cresceu bastante nas últimas décadas, graças aos bons resultados das nossas seleções. Com isso, o patrocínio a esse esporte apareceu como uma excelente ferramenta de divulgação e rejuvenescimento das marcas. O repatriamento de atletas da seleção tanto no feminino como no masculino também gerou uma grande valorização da Superliga.

Tudo indica que o vôlei não irá perder a equipe de Osasco e que a saída da Finasa só contribui para uma corrida de outras empresas em busca do time, o que pode gerar novos investimentos e impedir uma improvável recessão no esporte. O vôlei tende a continuar crescendo e atraindo grandes empresas, agora só precisa se expandir pelo Brasil, já que as equipes estão muito concentradas no eixo sul-sudeste.

Fonte: Máquina do Esporte

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: