Jogador demitido através da imprensa.

Infelizmente esse fato não é novo nem é privativo de nenhum clube, muito pelo contrário, é uma prática constante nos clubes de futebol, herança do eterno amadorismo administrativo. O atleta saber que está sendo dispensado através da imprensa e não da diretoria é um fato reprovável.

Tudo bem que a imprensa faz o possível para obter a notícia antes mesmo do fato consumado, mas cabe aos dirigentes procurarem primeiro o atleta e seu empresário antes de divulgar a demissão na mídia.

somalia-no-nauticoO atacante Somália, que chegou no início do ano ao Náutico, ainda não foi demitido, nem pelssoalmente nem através da imprensa. Mas, o rendimento do atleta, que passou mais tempo no departamento médico do que em campo,  já indicava uma provável dispensa. O problema é que a simples especulação na imprensa gerou uma dor de cabeça ainda maior para o clube.

Revoltado, Somália soltou o verbo contra a diretoria alvirrubra e acusou o clube de falta de profissionalismo, falando, inclusive, da falta de estrutura do clube. A diretoria errou ao expor a possível demissão na imprensa antes de comunicar o jogador, mas este também extrapolou ao falar do clube, parece que faltou um pouco mais de respeito de ambas as partes.

Entre outras coisas o jogador disse:

“Estou um pouco chateado porque sempre fiz a minha parte, cumpri horários e, apesar da contusão, trabalhei o mais rápido para voltar. Tive boas referências daqui, mas, só chegando ao clube vi que a diretoria não tem senso de profissionalismo, de respeito”.

“Vim para o Náutico de olho na artilharia do estadual e em um trampolim para equipes maiores, pois todos que estão aqui querem isso. Infelizmente houve a contusão e atrapalhou os meus planos. Inclusive, tive que pagar do meu bolso todas as despesas com o tratamento, incluindo academia, pois o clube não tem estrutura de nada”.

Depois de tanta porcaria no ventilador, é hora de ambos analisarem a situação para que erros assim não voltem a acontecer.

Ouça as declarações de Somália no Blog do Torcedor.

Anúncios

Uma resposta

  1. ELE NÃO MENTIU!
    O AMADORISMO AINDA EXISTE NO FUTEBOL, MAS NO CLUBE NÁUTICO É O SUPRA-SUMO DA INCOMPETÊNCIA.

    VERGONHA.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: