Unisul deixa o vôlei e culpa a TV Globo.

vôlei unisulMais um investidor resolveu abandonar o vôlei profissional. Depois de Finasa, Ulbra e Brasil Telecom, chegou a vez da Unisul dizer adeus ao esporte profissional. A instituição de ensino manterá apenas os investimentos na base e assegura a permanência das bolsas de estudo a cem atletas.

Dessa vez o patrocinador apontou o dedo diretamente à TV Globo, acusando-a de ser a responsável pela debandada recente do vôlei brasileiro. A política da emissora de não mencionar o nome dos investidores (tema abordado no artigo “Os patrocínios no esporte“) prejudica a divulgação e desincentiva os investimentos.

Diz o comunicado da universidade:

“Ultimamente, a Unisul, para manter uma equipe competitiva, aceitou reduzir o seu nome no uniforme dos atletas e até em placas publicitárias, e preferiu silenciar-se diante da decisão da emissora de televisão, exclusiva na retransmissão dos jogos, de omitir o seu nome na identificação da equipe. Além disso, de cinco jogos exibidos ao vivo em 2008, apenas um mereceu transmissão simultânea este ano na emissora aberta, o que contribuiu à desistência de patrocinadores, que não renovaram os seus contratos ou que propuseram a redução de valores para a nova temporada”.

Infelizmente estamos diante de um caso grave de hipocrisia. A emissora de TV que pede mais patrocínios ao esporte esconde o nome dos investidores, gerando um desestímulo às empresas que querem associar sua marca ao esporte.

A TV Globo precisa rever a sua postura imediatamente, ou corremos o risco de ver cada vez menos empresas envolvidas com esportes como vôlei, basquete ou futsal. No futebol de campo ainda não existe tal problema. Mesmo assim, clubes como o “Pão de Açúcar” ou o “Red Bull Brasil” têm seus nomes alterados nas transmissões, o que prejudica o investimento.

Fonte: Máquina do Esporte.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: