Corinthians expulso do Mundial sub-18.

Depois de perder por 3 a 0 para o Real Madrid, os jogadores do Corinthians começaram uma briga generalizada. O resultado foi a expulsão do time brasileiro da competição, junto com uma proibição de participar desse campeonato pelos próximos cinco anos.

A diretoria se retratou e pediu desculpas pelos atos de seus jogadores. Mesmo assim, a imagem do clube e do futebol brasileiro como um todo ficam manchadas por esse incidente.

Quem me enviou a notícia fez um comentário pertinente, segundo ele, trata-se de um descaso do clube com as categorias de base e reflete o amadorismo dos dirigentes.

Investir nas categorias de base não é apenas construir centros de treinamento. Os dirigentes precisam entender que esses garotos necessitam de orientação, educação. Os clubes devem prestar mais atenção nesses jovens para que eles tenham a maturidade necessária para encarar o esporte como profissão desde cedo.

Muitos problemas seriam resolvidos se os atletas tivessem uma base mais sólida, uma preparação mais consistente, não só física nem técnica, mas, principalmente, cultural. É preciso prepara-los para serem atletas de alto nível e não simples boleiros.

Educação, essa é a palavra chave.

Fonte: Futebol Interior

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: