De onde vem a “grana” dos europeus?

Aqui no Brasil, a gente sabe que a maior parte da renda dos clubes vem da televisão. Os clubes brasileiros ainda estão engatinhando em busca de novas fontes de renda. Para tanto, os europeus servem de exemplo.

Existem três fontes de receita principais, os direitos televisivos,  os patrocínios e o “dia do jogo” (matchday). Essas três fontes devem ser equilibradas para que o clube não fique demasiadamente dependente de uma delas apenas.

Usemos os exemplo dos dois clubes mais ricos, o Manchester United e o Real Madrid. O primeiro recebe 36% da TV, 25% de patrocínios e marketing e 39% do matchday. Os espanhois recebem 37% da renda da TV, 35% do setor comercial  e 28% do matchday.

Vejam que a maior renda do Manchester é exatamente o matchday, algo pouco explorado no Brasil. Isso seria: os ingressos, venda de bebidas, vendas nas lojas, alimentação, tudo que envolve o ato de ir ao jogo. Aqui no Brasil ainda sofremos com estádios precários e sem conforto, o que afasta torcedores, além de haver pouca infraestrutura para o consumo dentro das arenas.

Precisamos aprender a explorar o torcedor/consumidor, tanto no marketing, na venda de produtos licenciados, quanto no “dia do jogo”, que envolve não só os ingressos mas tudo que é consumido por essas milhares de pessoas. É, definitivamente, um público que precisa ser explorado. E com “explorado” eu não quero dizer que se deve aumentar o valor dos ingressos, de forma alguma, o que deve ser feito é oferecer aos torcedores a oportunidade de consumir mais e melhores produtos.

Devemos destacar, também, que a transferência de jogadores é uma das maiores receitas dos clubes brasileiros, e esta é a mais perigosa, pois não há estabilidade. Lucrar com transferências depende de diversos fatores, desde o surgimento de um atleta de alto nível nas categorias de base, até o momento econômico mundial.

O maior patrimônio do clube não são os jogadores, são os torcedores, e esses é que devem ser melhor explorados.

Fonte: Máquina do Esporte

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: