Sport: com o rebaixamento iminente é hora de planejar 2010.

Depois da derrota por 3 a 2 para o Náutico no último domingo, o Presidente do Sport, Sílvio Guimarães, deixou claro que o rebaixamento é inevitável e que o clube deve começar a pensar na próxima temporada. Algo que, infelizmente, eu já anunciava. O Sport foi rebaixado ainda no primeiro turno, quando marcou apenas 13 pontos.

“Conversamos sobre o planejamento para a  próxima temporada. Temos que reduzir nossos gastos. Avaliamos os atletas que não estão sendo utilizados. Também conversamos sobre alguns problemas administrativos”, disse o presidente, sem informar mais detalhes.

Concordo com o dirigente, é hora de começar a pensar no próximo ano. Dizer que ainda existem chances matemáticas e que o clube irá buscar até o fim é se iludir. Apesar de matematicamente ser possível, a realidade não indica que o Sport vá fugir da degola.

Se é assim, se a queda é inevitável, é bom mesmo se preparar para 2010. O elenco rubro-negro é grande e caro, incompatível com a realidade que o clube terá no próximo ano. Manter uma base pode ser uma boa ideia, pode ser um passo para o retorno à elite. Mas o time precisa de renovação, precisa de um novo gás.

Muitos atletas encerram seu contrato já no fim do ano, alguns com certeza não irão renovar, outros talvez fiquem. Vários atletas, porém, têm contrato até o próximo ano, o que dificulta a reformulação do elenco. Uma coisa é não renovar, outra coisa é ter que demitir. O Sport precisa se cuidar para não criar novas dívidas como as que afogaram as finanças do time nesse ano.

Minha maior dúvida é quanto aos próximos meses. Tudo indica que o clube irá dispensar muitos jogadores nos próximos dias, já para enxugar as despesas no final do ano. Afinal, não há motivo para manter um elenco caro sem disputar mais nada.

Outra dúvida é quanto ao treinador, que já dizem não permanecerá para 2010. O valor do salário deve ser um impeditivo para que Péricles Chamusca permaneça na Série B. Mas, se o Sport pensa em planejamento, deveria começar a analisar quem será o comandante no próximo ano.

Não podemos esquecer que apesar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Sport foi tetra-campeão estadual e deve buscar a continuidade do título para atingir a meta de igualar o feito do Náutico, o hexa-campeonato.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: