A arbitragem está pior a cada ano? De quem é a culpa?

A arbitragem do Campeonato Brasileiro tem sido bastante criticada e parece estar pior a cada ano. Dário Rossine, auditor do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD),  resolveu apontar a comissão de arbitragem como culpada, principalmente pela forma como os árbitros são punidos e a falta de qualidade na formação. Para ele, o trabalho de Sérgio Corrêa é fraco.

“Está havendo um grande equívoco por parte do presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, acho que ele está lavando roupa suja em público, o caminho não é este. A figura do árbitro tem que ter um grande apoio da comissão, que tem que levar em conta o trabalho desenvolvido, o qual, a meu ver, é fraco. (A comissão) não está sendo competente o suficiente para trazer um grupo de árbitros, formar uma elite. Acho que a CBF tem que montar uma comissão de notáveis para tomar conta da arbitragem, pessoas com conhecimento, capazes de lidar com o emocional, com a parte profissional, que possam instruir e acompanhar o árbitro em todo o seu trabalho, antes, durante e depois do jogo. Acho que chegar, dizer que o árbitro errou e colocar nota na imprensa dizendo que está punido é muito fácil. Não é por aí. O trabalho tem piorado, acho que arbitragem está num nível muito baixo, mas isso é consequência de quem comanda”, declarou ao repórter Wellington Campos, colunista do site Justicadesportiva.com.br.

Concordo com o auditor, principalmente quanto à formação de novos árbitros. A renovação do quadro é muito importante, mas os que chegarem devem vir com uma qualidade diferenciada, adquirida em cursos de formação mais exigentes. Uma boa ideia é o intercâmbio com a Europa, até mesmo para unificar a interpretação dos árbitros, afinal, as regras do futebol são as mesmas.

Outro ponto que eu queria destacar é exatamente quanto à divergência de interpretações. Cada árbitro tem seu critério e há decisões muito diferentes para lances idênticos. A comissão de arbitragem deveria mesmo se emprenhar mais na qualificação dos árbitros do que em punições para a mídia ver.

O auditor ainda criticou a imprensa por estar sendo muito dura com os árbitros. Mas, isso é assunto para outro post.

Fonte: Site Justiça Desportiva

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: