Projetos do Santa Cruz para 2010: mais sócios e nada de série D.

Duas notícias sobre o Santa Cruz: A primeira é que o tricolor estaria se articulando junto com a Federação Pernambucana de Futebol para acabar com a série D. A segunda é o projeto do clube de ter 60 mil sócios em 2011.

A ideia de acabar com a série D, fazendo da série C a divisão de acesso, é mais ou menos como voltar no tempo. O presidente Carlos Alberto Oliveira foi quem sugeriu a mudança, mas, claro, Fernando Bezerra Coelho, presidente do Santa, abraçou a ideia.

“Essa é uma ideia que eu tenho. A Série D é um desastre e ainda foi feita de forma irregular. Não tivemos nenhum Conselho Arbitral para decidir quem queria ou não a criação desse torneio. Estou elaborando uma proposta, que será enviada para a apreciação de Virgílio Elízio (diretor técnico da Confederação Brasileira de Futebol)”, contou o presidente de FPF.

Engraçado é que, em dezembro de 2008, antes de iniciada a série D, eu mesmo apresentei a minuta de uma ação impugnando a Série D, e um dos fundamentos era exatamente a falta do Conselho Arbitral. A mesma, porém, nunca foi proposta. O clube preferiu agir nos bastidores, articulando politicamente, o que não deu resultado.

Agora, depois que já foi disputada a quarta divisão e quatro clubes conquistaram o acesso à série C dentro de campo, não vejo a possibilidade de se voltar atrás e unificar as últimas séries do campeonato brasileiro. Quem disputou e venceu dentro do campo não vai aceitar tal proposta, e duvido que a CBF também aceite.

Quanto ao rojeto de novos sócios, é louvável. Na verdade, a crítica que mais faço aqui no extracampo é exatamente a falta de campanhas de sócios nos clubes de Pernambuco. O Náutico lançou o sócio coroado, mas por enquanto ainda não teve o resultado almejado. O Sport perdeu a melhor chance, a Copa Libertadores, e agora, na série B, será ainda mais difícil conquistar novos sócios.

A meta tricolor, porém, é que parece alta. O projeto é ter 30 mil sócios no primeiro ano e 60 mil no segundo. Caso consiga, o Santa Cruz chegará ao segundo lugar no ranking dos clubes com mais sócios no Brasil. O primeiro é o Internacional, com 100 mil, o segundo o Grêmio com 50 mil. O projeto é ambicioso, mas se der resultado pode ser a chave para a evolução do Santa Cruz. Com 60 mil sócios o clube terá 93,68% da capacidade do estádio do Arruda com sócios.

Vamos aguardar para ver o desenrolar das duas ideias.

Fontes: Blog do Torcedor e Blog de Esportes

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: