Crime x Futebol

O extracampo é um blog sobre esportes, focado mais no Direito Desportivo e outros assuntos que rodeiam o mundo esportivo. Porém, o futebol também é destaque nas páginas policiais. O caso do goleiro Bruno, do Flamengo, é o principal destaque na mídia nacional hoje. Mas, o que leva um atleta que ganha centenas de milhares de reais por mês  a se envolver com a criminalidade?

O Direito Penal faz parte do meu dia-a-dia como advogado, mas eu não esperava usar minha experiência como criminalista para falar de futebol. O envolvimento com o crime não depende só da condição financeira ou sucesso profissional, não depende simplesmente de onde você veio ou para onde está indo, não basta educação, dinheiro, fama ou sucesso, todos estão sujeitos a serem vítimas ou criminosos.

O envolvimento de jogadores de futebol com a criminalidade, porém, tem uma peculiaridade, as amizades e a criação longe da família. A maioria dos garotos que querem ser jogadores de futebol saem de casa muito cedo, vão morar em concentrações, longe da família, sem suporte educacional e sem freios morais. Normalmente é só um monte de jogador adolescente, sem muito o que fazer, convivendo juntos e longe dos pais.

Claro, as amizades com criminosos, traficantes e aproveitadores é crucial para levar esses “novos milionários” a entrar para o crime, muitas vezes como um “amigo”, outras tantas como um financiador. O sucesso repentino e a fortuna instantânea pode levar um jovem, sem muita base, a se desvirtuar e seguir o caminho errado. Muito poder e uma mentalidade fraca, combinação perigosa.

Por isso os clubes devem ser mais responsáveis com aqueles que eles “pegam para criar”. Muitos clubes recebem jovens com 14 anos, por exemplo, e os mantém em um alojamento, muitas vezes sem se preocupar com a formação do homem, dedicando-se apenas à formação do atleta. A educação desses jovens, transmitindo-lhes valores morais e éticos, deve ser compromisso dos clubes. Apreocupação deve ir além do atleta, deve atingir o ser humano e a formação do indivíduo como cidadão.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: