Santos oferece novo contrato a Paulo Henrique Ganso.

O Santos decidiu valorizar as suas jovens estrelas e investir nesses talentosos jogadores. Depois de Neymar, que aceitou ficar no Peixe, recusando a proposta do Chelsea, agora é a vez de Ganso reservar seu futuro ao clube paulista.

Mas, além da incrível compensação financeira, o contrato prevê benefícios aos jogadores, alguns que podem ser até considerados como investimento do clube para ter um maior lucro no futuro.

Vejam:

– Salário entre 400 000 e 500 000 mensais. A remuneração varia de acordo com algumas metas que devem ser cumpridas como, por exemplo, estar convocado para a seleção brasileira.

– Validade de cinco anos

– Aulas de inglês e fonoaudiologia, além de media training.

– Assistência especializada para o craque fazer a administração financeira do seu patrimônio.

As aulas de inglês, fonoaudiologia e media training, são, na minha opinião, as maiores inovações, mas que têm um caráter de investimento por parte do clube. Porque o aperfeiçoamento da postura, da fala, do trato com a imprensa e ainda o aprendizado de uma lingua estrangeira irão contribuir bastante para o “valor de mercado” desses atletas.

Percebe-se que, com isso, além de manter os atletas mais tempo no clube, aumentando as chances em campo, o Santos também aumenta as chances de lucrar ainda mais com a transferência desses jogadores. E, infelizmente, ou felizmente, a receita que vem da transferência de atletas é muito alta para ser descartada por paixões clubísticas exacerbadas ou qualquer sentimento nacionalista.

Sou totalmente a favor de se manter os atletas o maior tempo possível no Brasil, mas também sou a favor de se lucrar o máximo possível quando a saída deles for inevitável.

Fonte: VEJA

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: